sábado, 16 de outubro de 2010

Você possui direitos

Os danos morais são aqueles que acabam por abalar a honra, a boa-fé subjetiva ou a dignidade das pessoas físicas ou jurídicas. 
Em países desenvolvidos o direito é garantido se provado o dano moral.
 
No Brasil, a história é outra. Processar por danos morais virou uma indústria gerada por oportunos que desejam ganhar um dinheiro a mais. Isso não deveria invalidar os verdadeiros casos de dano moral, mas infelizmente é o que está ocorrendo. 
Não conseguir ver o seu direito valer e ser descriminado por acreditar no serviço prestado, que muitas vezes nos coloca em situações abomináveis, está virando uma prática. Provas e argumentos estão perdendo valor. 
A perda da credibilidade na justiça aplicada a esses casos fazem que sejamos tratados cada vez pior pelos prestadores de serviços e estamos tendo acesso a produtos com qualidade questionável. Oferecer um serviço e não cumprir, deixando você, em algumas situações, em perigo e/ou pânico ou mesmo aborrecido (pense você sozinho com seu cartão de crédito do banco infalível em um país árabe com o sistema ficando off line a todo o momento, não permitindo saques ou pagamentos, por exemplo) e ser considerado ingênuo porque levou apenas um cartão de um banco, porque não testou, porque não olhou, porque não perguntou e milhares de porquês, tira cada vez mais o compromisso das empresas em qualidade de serviço ou produto. 
Nós, brasileiros, temos que aprender a lutar mais pelos nossos direitos e não podemos deixar ser enganados por desconhecê-los. Pagamos caro para ter educação, para ter acesso a qualquer serviço ou produto, mais caro que grande parte do mundo. Ninguém está fazendo um favor para nós, nós vivemos em sociedade, os dois lados se ajudam, sem um... sem o outro. Quero comprar, mas preciso de alguém que venda. 
Não é para sair processando, mas sim, conscientizando. Leia a CLT, leia o direito do consumidor, leia o que for aplicado a você, se informe, você verá que possui mais direitos do que você imagina. Ajude a mudar o nosso ambiente, que o certo seja aplicado, que nosso sonho não seja perdido por pessoas de má fé. Faça o seu direito valer! Respeito, você merece!

Um comentário:

  1. Isso é aquela velha questão do conformismo brasileiro.

    ResponderExcluir